Resumão - O Outro Lado do Paraíso - O julgamento do delegado

Thiago Pasqualotto - 17:59

Dizem que o ano só começa depois do carnaval, então aqui estamos para te atualizar sobre os últimos acontecimentos da novela "O Outro Lado do Paraíso" e você não ficar de fora das rodinhas de fofoca. 

Laurinha foi muito corajosa e denunciou o padrasto Viiishi-nícius na delegacia. Mas a coitada não pode nem contar com o apoio da mãe que preferiu defender o macho e pedir para Laurinha retirar a denúncia. 


Lorena não acredita no que a filha diz e garante que vai ficar do lado do macho-porco-nojento-abusador.


Viiishi-nícius, que está afastado do cargo de delegado, sente o cerco se fechar após a polícia bater em sua porta para apreender seu computador. 


Sem saída, ele faz as malas, foge de casa e recorre a Sô-fria. O delegado joga na cara da ricaça tudo que já fez por ela e ameaça abrir o bico se ela não o ajudar. Acuada, Sô-fria manda o capanga Rato levar Viiishi-nícius para se esconder no garimpo e depois explodir o lugar. 


Mas graças a Mariano, o delegado escapa da explosão na mina de esmeraldas. Ele cai em si e promete ir para o julgamento e se vingar de Sô-fria.


Enquanto isso, o capítulo é interrompido por frases aleatórias de Dona Nostradamus.


Chegou o tão esperado dia do julgamento reunindo todos os atores da novela para uma diária longa de gravação. E, já no início, Laurinha é chamada para depor.  


A jovem começa a descrever tudo que viveu nas mãos do padrasto e que se recordou recentemente através da hipnose [a questão da hipnose a gente finge que não leu]. Não vamos detalhar os depoimentos da excelente atriz Bella Piero aqui. É um assunto sério e que não deve ser tratado dentro de um resumo que foca no humor.


O emocionante julgamento é interrompido todo tempo por cenas da insuportável Estela reclamando da vida... em vez de procurar um trabalho e parar de depender da mãe megera.


O delegado não imaginava que a acusação conseguiria reunir testemunhas tão relevantes. Depois de todos os depoimentos, Viiishi-nícius já não tem esperança de ser inocentado. Na hora que é chamado para falar, ele se descontrola e assume os seus crimes. 


Mas antes de ver o sol nascer quadrado, o delegado declara guerra a Sô-fria: “Só tenho mais uma coisa a dizer. Uma palavra. Fui corrupto, me vendi. Mas quem me comprava era Sophia Montserrat. Se sou um monstro, ela é pior.” Eitaaaaaaaa!


Os depoimentos que Lorena escutou ao longo do julgamento a fazem reavaliar tudo o que aconteceu nos últimos anos. Na hora de depor, a mãe pede perdão para a filha e encomenda o novo livro da Sônia Abrão no submarino.


Viiishi-nícius sai do tribunal algemado diretamente para uma penitenciária. Lá, o ex-delegado será esfaqueado e morto no pátio do presídio durante um banho de sol.


Com a morte do marido, Lorena percebe que ir para o salão todos os dias fazer fofoca não dá futuro e decide ir embora para São Paulo... mas não sozinha! Desta vez atrás de outro macho, o pai de Laurinha que reaparece do nada e sem explicação alguma.


Mais uma vingança de Clara concluída com sucesso! 
Me segue no Instagram AQUI e vem ser véia noveleira comigo. 
Publicado por Thiago Pasqualotto TAGS: , ,
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
siga-nos twitter
Bic Müller Thiago Pasqualotto
@bicmuller
@thiago_p