Encontre o Erro - O Outro Lado Do Paraíso - resumão dos primeiros capítulos

Thiago Pasqualotto - 15:17

Nem superamos o final de "A Força Do Querer" e já estamos viciados em "O Outro Lado do Paraíso". Pra você não perder nada e sofrer junto com a gente, resumimos os principais fatos do início da trama de Walcyr Carrasco.

Já no primeiro capítulo conhecemos Clara, uma jovem virgem, doce, inocente e que vive ao lado do avô, o véio Josafá, no Jalapão. Nessas terras, cheias de esmeraldas, Clara viu seu pai morrer durante uma explosão em busca das pedras.


Mas antes do primeiro bloco acabar, nossa inocente Clara conhece o demoníaco Gael, dá o primeiro beijo, é pedida em casamento e fecha os botões do vestido de noiva para subir no altar.


Gael é herdeiro de uma família rica de Palmas. Filho da viúva Sophia, que aqui vamos chamar de Sô-fria. A sogrona não curte ver o filho casando com uma caipira morta de fome, mas muda de idéia ao descobrir que ela é a dona da mina de esmeraldas.


Sô-fria induz o filho a se casar no regime de comunhão total de bens com Clara, dizendo que o garimpo nas terras será a salvação da família, que já não tem mais tantas posses como no passado.


O que Sô-fria não esperava era que Clara e véio Josafá iriam se manter firmes na decisão de não explorar as terras e nem permitir que outros façam o mesmo. 


No meio disso tudo, Fernanda Montenegro aparece tendo convulsões aleatórias e conversando com espíritos. Uma mistura de Walter Mercado com a velha louca dos gatos dos Simpsons.



Mas não pense que Clara casou tão rápido com Gael por desespero, muito pelo contrário! Ela tinha como pretendente o Rafael Cardoso, um amigo médico, másculo, lindo, tesão, bonito e gostosão... Mas o que ela preferiu? Ficar com o boca mole do Sérgio Guizé Gael.



Na cidade de Pedra Santa, o que mais tem é gente preconceituosa. Tem a mãe racista que proíbe o filho de namorar uma doméstica negra, um gay enrustido e homofóbico e uma mãe que finge não ver os abusos que a filha sofre pra manter a imagem de família feliz. Podemos escolher esta canção como o hino da cidade:


Do Tocantins para o Rio de Janeiro... Betty é casada com um diplomata que passa grande parte do tempo em viagens. Sozinha e carente, Betty mora com a filha na casa do sogro, o Dr Albieri. 


O velho finge gostar da nora mas, no fundo, não a suporta e pede para Bárbara Paz armar um flagrante da esposa do diplomata com outro homem, em troca de dinheiro.


Voltando para o Tocantins... O casamento feliz que Clara e Gael aparentam viver se transforma em um relacionamento abusivo. Ela é estuprada pelo próprio noivo na lua de mel e é agredida por ele em diversas situações, chegando a parar no hospital. 


Fragilizada e sem entender o que está acontecendo com o "príncipe gentil" que sempre sonhou em casar, ela perdoa Gael que sempre se mostra arrependido... Entrando em um ciclo comum para muitas mulheres prisioneiras neste tipo de relacionamento. 


Os próximos capítulos dessa história só Deus Walcyr Carrasco sabe, mas nós já corremos pra banca comprar a Ti Ti Ti desse mês e adiantamos alguns spoilers.


Sô-fria vai armar um plano para que Clara seja internada em uma clínica psiquiátrica, tudo para ter o caminho livre para colocar as mãos nas esmeraldas. Ela consegue sair da clínica após 10 anos em busca de vingança. 


Betty cede à pressão do sogro e é obrigada a forjar a própria morte. Nesta fase difícil, ela é obrigada a esquecer seu passado, assume outra identidade e passa a se chamar Duda. 


Leia a Escala de Ódio dos personagens AQUI
Publicado por Thiago Pasqualotto TAGS: ,
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
siga-nos twitter
Bic Müller Thiago Pasqualotto
@bicmuller
@thiago_p