E se Sense8 fosse produzido no Brasil?

Bic Muller - 15:42

Sense8 tá bombando no Netflix. 

A série retrata 8 pessoas completamente diferentes que tem algo muito misterioso em comum e juntas (ou quase isso) vivem mil e uma aventuras pelo mundo. (Sou ótima em resenhas, diz ae!)

Mas e se a série fosse produzida no Brasil, quem seria quem?

Eu e @AleMagnnus desvendamos este mistério e demos nossas sugestões de quem poderia ser a versão brazuca de cada personagem:


Mulher misteriosa: 

Interpretada pela Daryl Hannah na versão original, nossa Cristina Mortágua foi escolhida para viver a mulher cheia de mistérios da nossa versão brasileira Oito Senses por motivos de: o preenchimento labial foi feito no mesmo cirurgião:




Jonas: 

Jonas, o mestre dos magos da série é interpretado por Sayid. Na nossa versão quem venceu o teste do sofá foi ele mesmo: Marcos Pasquim. Na versão brasileira teremos muitas cenas dele sem camisa, afinal de contas foi o motivo dele ter conseguido o papel!




Lito: 

Lito vive um ator mexicano que esconde um segredo. Na nossa versão, quem venceu a disputa do papel pela semelhança física foi João Gabriel Vasconcellos, de Chiquititas. Dois lindos, parabéns!

Versão Brasileira: 

Na série tupiniquim, o ator mexicano na verdade interpretará um ator da Record tentando a qualquer custo voltar para a Globo.





Caso João recuse, temos o Padre Fábio na lista também...




Riley:

Na série, Riley ataca de DJ. Nossa versão brasileira é ex-fazenda e rockeira. Coincidência? Só pode ser coisa do destino. E Danny Carlos é tão perfeita para o papel que as duas até já tiveram as mesmas cores de cabelo! (e usavam make verde brega também)

Versão brasileira: 

Em nossa versão brasileira, Riley será uma ex-BBB tentando a sorte atacando de DJ e fazendo algumas aparições em eventos enquanto estuda novos projetos.







Will:

O policial americano lindíssimo é interpretado nos EUA pelo Brian J. Smith. No Brasil, Arthur Aguiar abocanharia (ui!) o papel!

Versão brasileira:

Em nossa versão, o policial trabalhará fazendo bico de segurança em boates nos dias de folga.

Lindos



Usam regata 



Mas a gente prefere sem camisa



Sun:

Você deve estar pensando que Dani Suzuki foi escolhida por ser a única oriental que nos lembramos pra interpretar o papel. Sim, é verdade, mas acabou que elas tem muito mais em comum do que imaginamos... 

Versão brasileira:

No Brasil, a empresária Sun será dona de uma imensa rede de lavanderias, sofrendo com o irmão sonegador de impostos e do pai que fez caixa dois na empresa.


As duas já usaram mecha pega rapaz


Elas não levam desaforo para a casa


As duas mandam VLW FLW para os fotógrafos


E inclusive ambas já tiveram a fase Myiuki da Malhação


Nomi:

Nomi é o combo melhor pessoa da série. Trans, hacker e lésbica, poderia ser interpretada por Claudia Raia, que já viveu a trans Ramona na novela As filhas da mãe em 2001. 

Versão brasileira:

Em nossa versão brasileira a trans Nomi será blogueira de moda e em vez de hacker, será famosa no insta e viverá o drama do snapchat não ter filtro.


Van Dame:

O nosso sexto personagem é cheio de ousadia e alegria e podia muito bem ser interpretado aqui pelo Thiaguinho. que infelizmente vai não poder assumir o papel por  conta da agenda de shows. Capheus é um queniano que faz lotação em uma Van e todos o chamam de Van Dame. 

Versão brasileira:

Na versão brasileira, o queniano interpretará um brasileiro louco por futebol que tem 4 filhos com mães diferentes e está fugindo da polícia por não pagar pensão.

 eterno Foguinho Lazaro Ramos pegou o papel que Thiaguinho dispensou...



Wolfgang:

O alemão gato que arromba cofres na versão original pode (e deve) ser interpretado por Henri Castelli. Seguimos na torcida pela nossa versão brasileira ter nu frontal, inclusive.

Versão brasileira:

Em Oito Senses, Wolfganf será Wellington e será um ladrão de bancos que está cansado de fazer apenas saidinha e pretende assaltar o Banco Central.





Kala:

A indiana Kala TEM QUE ser intepretada pela Emannuele Araújo. Inclusive não temos certeza se não seria a própria Emanuelle que interpreta a indiana na versão original, tamanha a semelhança.

Versão brasileira:

Em nosso país, Kala será a mesma coisa, só que desta vez escrita pela Glória Perez.





Selton Mello

Todos sabem que não existe produção brasileira sem Selton Mello, portanto ele ainda segue na disputa pra ser o policial da versão brasileira. Caso não consiga, vai ser o narrador na série tupiniquim mesmo...


Gostou da nossa escalação? Acha que outro ator interpretaria melhor algum papel? Comenta AQUI

Publicado por Bic Muller TAGS: , , ,
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...