Ana Maria Braga da entrevista "apetitosa" para a QUEM.

Thiago Pasqualotto - 18:29



QUEM: Seu marido é 20 anos mais jovem que você. Tem preferência por homens mais novos?
AMB:
A escolha foi mais dele do que minha. Acho que esse negócio de idade preocupa muito mais quem está fora. Eu nem me lembro disso. A mim nunca atrapalhou e eu não escolhi ninguém, fui escolhida. Aconteceu e, por acaso,
se são mais jovens e me acham apetitosa ou satisfatória para a companhia deles e são fiéis, devo ter alguma coisa que os encanta.


Querida, de apetitosa, só suas receitas. E o que encanta os mais jovens em relação a senhora é o seu dinheiro e fama. Ta boua?

QUEM: Por que acha que isso ainda incomoda as pessoas?
AMB: Acho que é inveja. Qual mulher pode, com 60 anos, ter um cara de 40 a seu lado e se sentir bem, inteira? Eu saio com ele para qualquer lugar. Vou para a Europa, os Estados Unidos, onde ninguém me conhece, e todo mundo me respeita. Ninguém olha para mim e fala: “Ah, é seu filho?” Sou uma mulher que me imponho, me sinto bem. Sou bonita, gostosa, feliz e boa companhia.


Gente, ótima oportunidade de estrearmos nosso novo quadro. roda um “Espelho, espelho meu” pra Aninha já....



QUEM: Como é a vida sexual aos 60 anos? O desejo continua o mesmo?
AMB:
Muito boa. Igual à sua. Acho que até melhor que a sua. (minha filha, eu já realizei todas as posições do Kama Sutra, coisa que você não conseguiria por uma questão de flexibilidade) Porque eu já aprendi mais, claro. Sou uma mulher completa, gosto de sexo, faço o meu companheiro não precisar fazer sexo com mais ninguém. Ele é um homem cheio de hormônios masculinos e está muito satisfeito comigo.


Claro, qualquer um deve ficar horrorizado e nunca mais querer sexo na vida quando vê Aninha pelada.

QUEM: Mas não muda alguma coisa com a menopausa? (gozei litros com esta pergunta)
AMB: Não, essa coisa da menopausa é mito. Homem e mulher são a mesma coisa. Se você se cuida, o prazer e o sentimento são os mesmos. Seu olhar no mundo, o toque e o coração são os mesmos. O sexo é melhor, porque você já aprendeu uma série de coisas que não quer. Você não tem mais medo nem vergonha de nada. O tempo que lhe resta é curto para ficar preocupado com coisas mínimas e bestas.


Realmente, se tem uma coisa que Aninha não tem, esta coisa é vergonha. As imagens falam por mim:


"Apetitooosa!"
Publicado por Thiago Pasqualotto TAGS:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
siga-nos twitter
Bic Müller Thiago Pasqualotto
@bicmuller
@thiago_p